“E serão ambos uma carne”: o casamento sob a ótica de Deus | A Palavra

segunda-feira, 10 de abril de 2023

“E serão ambos uma carne”: o casamento sob a ótica de Deus

O segredo para um casamento feliz e duradouro é compreender o propósito de Deus e viver de acordo com os valores estabelecidos nas Escrituras Sagradas

Alianças
Imagem: Pixabay
Pr. Cleber Montes Moreira

“Portanto, deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.”
(Gênesis 2:24)


Na sociedade atual, muitos consideram o casamento como uma união passageira, que pode ser dissolvida por qualquer motivo quando um dos cônjuges perde o interesse na relação. O compromisso formal é evitado por muitos, optando-se por apenas “morar juntos” sem o comprometimento civil e religioso. O divórcio se tornou algo fácil e comum, tornando a expressão “até que a morte os separe” obsoleta e sem sentido. Esse comportamento reflete a decadência moral da sociedade — fruto da decadência espiritual —, sendo o hedonismo uma de suas manifestações.

Muitas pessoas entram no casamento movidas por sentimentos e desejos egoístas, enxergando o outro como um objeto de prazer e satisfação, um instrumento para a própria felicidade. Quando essas expectativas deixam de ser atendidas, o “objeto” é descartado ou trocado. Tanto mais as pessoas se voltam para os seus próprios interesses, menos são aqueles que sinceramente se unem em matrimônio com o objetivo de completar e fazer o outro feliz. Esse comportamento não condiz com a ideia de “serão ambos uma só carne”, pois, embora juntos, estão separados.

Diferente de como a sociedade vê o casamento, segundo a Bíblia, ele é uma união sagrada, criada por Deus, na qual duas pessoas se tornam uma só carne diante dEle. Essa união vai muito além do aspecto físico, abrangendo também o emocional, o mental e todas as áreas da vida, e deve servir ao propósito para o qual foi criada. Para que a relação seja duradoura e feliz, é fundamental haver comprometimento, respeito, fidelidade e amor incondicional. Trata-se de uma aliança preciosa que deve ser valorizada e cuidada constantemente, para que homem e mulher se completem e desfrutem de uma união abençoada.

O segredo para um casamento feliz e duradouro, que realmente perdure “até que a morte os separe”, reside em compreender o propósito divino e viver de acordo com os valores estabelecidos nas Escrituras Sagradas, buscando constantemente a vontade do Criador. É essencial que o casal deposite sua confiança em Deus e busque na Sua Palavra sabedoria para lidar com todas as situações, especialmente aquelas que podem afetar a sua união. Aqueles que seguem os ensinamentos bíblicos conseguem se antecipar aos obstáculos e evitar tudo o que possa prejudicar o relacionamento. Um casal que teme ao Senhor e compreende a natureza e o propósito do casamento, lutará com todas as suas forças para defendê-lo e preservá-lo. A separação, seja por qual motivo for, é resultado da conformação com o mundo e tem origem no pecado. O divórcio não faz parte dos planos do Pai Celestial, ele acontece por causa da “dureza do coração” do homem (Mateus 19:5-9).

Cônjuges que buscam moldar seu casamento à vontade perfeita de Deus, resistirão às tempestades da vida e terão na Santa Palavra e nas orações os recursos para superar quaisquer desafios que surjam na caminhada a dois; eles crescerão em Cristo, amadurecerão e viverão para a Sua exaltação, e serão um exemplo abençoador para outras famílias. Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livros teológicos?

livros teológicos